Agentes do Alto Tâmega promovem setor florestal

70% do concelho é área florestal pelo que a sustentabilidade do território passa pela sustentabilidade económica do espaço florestal no nosso concelho.

É com este pensamento que o presidente do Município, Alberto Machado abriu uma sessão em que os presentes trabalham, direta ou indiretamente, no setor da floresta.

Ações de capacitação dos agentes locais do Alto Tâmega, no âmbito do projeto “Troco2” é a temática da sessão de sensibilização (19 de setembro, Vila Pouca de Aguiar) focada na otimização da gestão florestal e sumidouros de carbono.

Carla Varandas da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega apresentou o projeto e divulgou as ações que ainda vão decorrer nesta região entre os meses de setembro e outubro.

De seguida, Iván Méndez dá a conhecer a ferramenta ex ante para o cálculo de sumidouro de carbono em espaços florestais transfronteiriços da Galiza-Norte de Portugal e Fernando Pérez aprofunda a gestão de áreas florestais agrupadas na ótica da sua rentabilização económica.

Dar a primazia à árvore que absorve o carbono e liberta o oxigênio na atmosfera. As áreas florestais funcionam como sumidouros de carbono e o setor dos transportes também contribui para a gestão da pegada de carbono.

Comitiva Norte-Americana na Capital do Granito

Pete Hess, mayor estado-unidense assessorado por Carlos Santos, fez-se acompanhar na deslocação a Vila Pouca de Aguiar de empresários lusodescendentes com raízes na nossa região, a 14 de setembro, sendo recebido pelo presidente do Município, Alberto Machado.

A geminação entre o Município de Vila Pouca de Aguiar e Naugatuck (E.U.A.), já aprovada em ambos os territórios, começa a dar os primeiros resultados com os estado-unidenses interessados em adquirir granito.

Com esse propósito uma comitiva liderada pelo Mayor de Naugatuck, Pete Hess, participou numa visita de campo que incluiu unidades de extração e transformação de granito, e aplicação da pedra natural. Lusodescendentes com empresas nos ramos da construção, imobiliário e eletricidade estiveram em convívio com empresários da região e dirigentes da Associação dos Industriais do Granito.

Recorde-se que numa visita recente ao concelho aguiarense, Pete Hess assinalou que em Naugatuck (Estado de Connecticut, Estados Unidos da América), de entre os 37 mil habitantes, há quatro mil portugueses.

Em 1319, a feira aguiarense foi proibida…700 anos depois, 2019, a feira está aí com todo o vigor!

30 mil kg de cebola à venda no recinto | 60 produtores de cebola e doutros produtos | 150 mil pés de cebolo que a autarquia dá à produção local | 400 mil cebolas é quanto se pode instalar num hectare de terreno | 700 anos tem o mais antigo documento que refere a feira aguiarense* | 2.222 Kg é o record absoluto do concurso da maior cebola | 120 mil toneladas é a produção nacional de cebola

A secular Feira das Cebolas está de volta neste final de período estival! Milhares de pessoas virão a esta montra regional das colheitas que decorrerá nos dias 24 e 25 de setembro. A venda de cerca de trinta toneladas de cebola iniciará às 12 horas do dia 24 e decorrerá até ao final do 25 de setembro, o dia da Feira das Cebolas.

No dia 24, à hora do almoço há receção de meia centena de produtores de cebola e também dez produtores aguiarenses a vender produtos locais, degustação do caldo de cebola e outras iguarias regionais, à tarde há animação com jogo do malhão, concertinas, corrida de burros e corrida de cavalos e, à noite, a associação Aguavelames anima a desfolhada à moda antiga.

No dia 25 pela manhã a feira inclui música e teatro (Filandorra), concurso da maior cebola e refeições nas tasquinhas e nos restaurantes aguiarenses, à tarde haverá concurso pecuário, mostra de carneiros e chega de bois e, à noite, a animação musical iniciará com Maike Calvão e alunos e culminará no baile das cebolas com Augusto Canário e amigos.

O presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado não tem dúvidas que a Feira das Cebolas está entre os melhores eventos transmontanos e que contribui para valorizar o Interior Norte de Portugal. O Município de Vila Pouca de Aguiar e a EHATB promovem a Feira das Cebolas em colaboração com coletividades associadas ao mundo rural.

 

* As origens da Feira podem remontar a mais de setecentos anos (documentos mostram que no séc. XIV, 1319, a feira aguiarense foi proibida por D. Fernando, por prejudicar a feira de Vila Real; a restituição da feira é rubricada no séc. XV, em setembro de 1417, por D. João I)

 

Programa

24 Setembro – (Terça-feira)

12:00h – Receção aos Produtores de Cebola (Praça Luís de Camões) | Mostra/ Venda de Produtos Locais e Degustação do Caldo de Cebola (Praça Camilo Castelo Branco)
14:30h – Campeonato do Jogo do Malhão (Complexo Desportivo Municipal) (*)
15:00h – Animação com concertinas (Complexo Desportivo Municipal)
15:00h – Corrida de Burros (Complexo Desportivo Municipal) (*)
15:30h – Corrida de Cavalos de Passo Travado (Complexo Desportivo Municipal) (*)
21:00h – Desfolhada à Moda Antiga com Animação Popular pelo Grupo de Cantares Aguavelames (Praça Camilo Castelo Branco)
25 Setembro – (Quarta-feira)

8:00h – Mostra/ Venda de Produtos Locais (Praça Camilo Castelo Branco) | Degustação do Caldo de Cebola (Praça Camilo Castelo Branco)
9:30h – Animação com concertinas (Pelas ruas da Vila)
10:00h – Animação e Teatro de Rua – A Filandorra (Praça Camilo Castelo Branco)
11:00h – Concurso da Maior Cebola (Praça Camilo Castelo Branco)
13:30h – Concurso Pecuário (Complexo Desportivo Municipal) (*)
17:00h – Mostra de Carneiros (Complexo Desportivo Municipal) (*)
17:30h – Chega de Bois (Complexo Desportivo Municipal) (*)
21:00h – Animação Musical com Maike Calvão e seus Alunos
21:30h – Tradicional Baile das Cebolas com AUGUSTO CANÁRIO & AMIGOS (Praça Camilo Castelo Branco)

Receção aos agentes educativos para o ano letivo 2019/2020

A festa de Abertura do Ano Escolar 2019/2020 decorreu esta quarta-feira, 11 de setembro. As atividades iniciaram com a sessão solene no Cineteatro.

O presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado e o Diretor Executivo do Agrupamento de Escolas, José Teixeira, enalteceram as funcionárias recentemente aposentadas, nomeadamente Fátima Sampaio, Ermelinda David e Rosa Rodrigues.

Para Alberto Machado “tudo na educação gira à volta dos alunos, temos uma escola organizada que é inclusiva”. José Teixeira assegura que “temos tudo preparado para que o ano comece com toda a normalidade, com ensino de qualidade e bons resultados para os alunos”.

Neste dia, efetuou-se uma visita ao planalto do Alvão, em especial à Lagoa e ao equipamento Alvão Village & Camping.

O convívio com animação musical é propício à receção dos agentes educativos que compõem a comunidade escolar aguiarense.

Tresminas com equipamento de apoio à visita no coração do parque arqueológico

O presidente da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, Alberto Machado marcou presença a 5 de setembro na consignação da obra Edifício de Apoio à Visita ao Complexo Romano Mineiro de Tresminas.

A implementação do equipamento surge integrada em pleno parque arqueológico de Tresminas. Alberto Machado sublinha a existência de um planeamento que permitirá, a médio prazo, a efetivação da expetativa relativa à classificação de Tresminas como Património Mundial.

O Edifício de Apoio à Visita terá um impacto mínimo na paisagem, sendo constituído por receção, salas de apoio, instalações sanitárias e arrumos.

Segundo a memória descritiva do projeto, procurou-se o uso ponderado dos materiais no edifício, simplificando ao máximo a sua execução. Nesse sentido, será em betão armado à vista com revestimento interior em marmorite. No exterior, o arruamento e o estacionamento vão de encontro à simplificação da execução de trabalhos com impacto mínimo na construção.

A obra foi entregue à firma João Teixeira, o prazo de execução previsto é de 360 dias e a verba ronda os duzentos mil Euros.

Passeio Motard do Alvão

No largo do Santo em Carrazedo as preces de quem se ia juntando à entrada da Capela foram ouvidas e a chuva aliviou dando início ao Passeio Motard do Alvão, a partir da sede da Junta de Freguesia.

Dezenas de motards participaram neste passeio, a 25 de agosto, entre os quais os autarcas Alberto Machado e António Guedes, bem como elementos do Moto Clube do Corgo.

Este Passeio Motard do Alvão destacou no seu cartaz mais de uma dezena de locais por onde estava previsto os motards passarem, designadamente Carrazedo do Alvão, Cabanes, Pensalvos, Pedras Salgadas, Capeludos, entre outros.

Depois, chegados ao vale de Aguiar, subiram a encosta até ao planalto do Alvão onde o passeio culminou. Seguiu-se um almoço de convívio na lagoa. Apesar do tempo incerto, as pessoas aderiram a este Passeio Motard do Alvão.

Feira de Stocks com desfile de moda

A edição Verão da Feira de Stocks realizou-se para escoar produtos dos comércios locais a preços acessíveis.

A Feira de Stocks é promovida pela Associação Empresarial do Corgo com os apoios da Câmara Municipal e da EHATB – Empreendimentos Hidroelétricos do Alto Tâmega e Barroso, EIM, SA.

Com este certame as entidades procuram contribuir para dinamizar a comunidade local e impulsionar mais de uma dezena de expositores do comércio tradicional.

A feira decorreu no Mercado Municipal. A atividade mais aguardada no certame foi o desfile de moda em que os participantes desfilaram com diversos produtos das lojas comerciais presentes.

Matilde Silva com um sorriso aberto abriu caminho às colegas de passarela. A Miss Fotogenia foi a cara deste desfile de moda em que participaram crianças e jovens neste certame socioeconómico.

Feira do Mel e do Artesanato levou muita gente ao parque termal

A 18ª Feira do Mel e do Artesanato levou muita gente ao parque termal de Pedras Salgadas que pôde adquirir produtos regionais e participar em atividades socioculturais e de lazer.

Esta edição, que decorreu de 16 a 18 de agosto, contou com a presença de mais de uma centena de stands ligados aos produtos regionais e associativismo.

Durante o fim de semana, houve concursos temáticos que distinguiram os expositores. No concurso de Qualidade do Mel o pódio foi ocupado por Aromas e Sabores de Pitões, Mel Serra do Alvão e Motivos. Nos Rótulos de Mel, os agraciados foram Limel, João Oliveira e Luís Rodrigues. Na Doçaria Confecionada com Mel, venceram os expositores João Oliveira, Cristina Martins e Sonho de Mel.

A melhor decoração dos expositores de mel e artesanato foram Apiterapia Sonho de Mel e Dinis Cunha Cestos, respetivamente. Relativamente ao concurso de Peças de Artesanato, os distinguidos foram Paulo Machado, Joaquim Pio e Manuel Dinis e ainda artesanato Joana. Houve ainda tempo para jogos de tabuleiro, através do Open de Xadrez promovido pela associação de Rebordochão.

Através desta feira, a Câmara Municipal e a EHATB, com apoio da Aguiarfloresta (que organizou um encontro para falar sobre abelhas, agricultura e sustentabilidade) promoveram o mel e os seus produtores, bem como os artefactos trabalhados pelos artesãos.

A música foi a nota dominante da animação sociocultural da feira com um espetáculo musical dos Lucky Duckies na sexta-feira à noite. No sábado houve cantares promovidos pela Aguavelames e folclore difundido pela Acrepes. No domingo à tarde, 4 Men’s, Joana, Ricardo & Henrique, Bombocas e Irmãos Verdades animaram este certame regional.

Comunidade de Vila do Conde realiza apanha da batata para ajudar utentes do centro social

Na linha da frente de um terreno junto ao ribeiro do Freixo, em Vila do Conde, desde as seis e meia da manhã que os homens fazem entrar as sacholas na terra pondo as batatas a descoberto que as mulheres, logo atrás, apanham e colocam em baldes.

Entre tiradas, sorrisos e gargalhadas endireitam as costas para, logo de seguida, se curvarem na apanha da batata; são três mil quilos que irão contribuir para alimentar os utentes do Centro Social e Comunitário de Nossa Senhora de Fátima.

Responsável pela instituição, José Diegas afirma que esta foi uma das medidas tomadas para ultrapassar as dificuldades do centro social que funciona desde 2016 e, apesar dos pedidos, sem acordos com a Segurança Social.

Emigrante reformado no Luxemburgo, Carmi Sousa regressou a Portugal e na aldeia de Vila do Conde, concelho de Vila Pouca de Aguiar, tem ocupado os seus dias com esta horta social com batata e cebola, e com fins solidários.

Desde o 1 de maio, dia em que as pessoas se juntaram em dois terrenos da aldeia de Vila do Conde para com a ajuda do cavalo com arado plantarem a batata de semente adquirida na aldeia de Cabanes até a este dia da apanha da batata, 17 de agosto, Carmi com a ajuda da Junta foi olhando pelas batatas regadas à sexta-feira, semanalmente.

Agora, muitas pessoas da aldeia, que ali residem ou que estão emigradas e se juntam nesta altura do ano, arrancam as batatas e participam nesta iniciativa de convívio social. Terminada a apanha, há ainda um grupo de homens que se forma ali à volta da nora e que ruma ao outro terreno para começarem a carregar os 114 sacos de batatas em dois tratores que passa num corredor criado entre um campo de milho.

Ao final da manhã, as pessoas voltam a encontrar-se agora já no Centro Social e Comunitário de Nossa Senhora de Fátima para participarem num almoço de convívio que junta pessoas de todas as idades.

Bombeiros luxemburgueses doam material a bombeiros portugueses

Os Bombeiros de Bettendorf doaram 350 peças de materiais diversos aos Bombeiros Voluntários de Vila Pouca de Aguiar.

Entre os materiais, há várias cógulas que são máscaras de proteção facial que, por exemplo, poderão ser utilizadas por uma equipa de combate que é composta por cinco bombeiros.

E há galochas, botas, casacos diversos, calças, polos, impermeáveis, fatos-macaco, parcas, t-shirts, coletes salva-vidas, lanternas, peças faciais, garrafas de ar comprimido, espaldares, cintos, luvas, sinalizadores, sacos de corda, sacos térmicos, machados, cordas e proteções de nuca.

Esta quarta-feira, 14 de agosto, dezoito bombeiros incluindo a Comandante Interina Diana Silva, o presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado, o presidente da Direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Pouca de Aguiar, José Quinteiro, o 1º Vereador da Câmara de Bettendorf no Luxenburgo, José Vaz do Rio, e o Coordenador Municipal da Proteção Civil, Duarte Marques, estiveram presentes no ato simbólico de doação de material de prevenção e combate a incêndios.

A cinco de junho em Luxemburgo, foi oficializada a geminação entre os Municípios de Vila Pouca de Aguiar e Bettendorf, estando agora o acordo a ser aprofundado com medidas recíprocas nas respetivas comunidades portuguesa e luxemburguesa.