Comitiva deslocou-se a Lisboa para defender agência bancária de Pedras Salgadas

Após várias diligências para reunir com a Administração da Caixa mas que se haviam revelado infrutíferas, uma delegação com dezenas de pessoas deslocou-se a Lisboa, a 19 de junho, e concentrou-se à frente das instalações da sede da Caixa Geral de Depósitos,

O presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado exigiu ser recebido para demonstrar a importância da única agência bancária existente na vila termal de Pedras Salgadas. Representantes do banco público acederam a uma reunião com uma curta comitiva composta por representantes da Câmara e Assembleia Municipal, Assembleia da República e Freguesia integrada no território afetado.

Os representantes da Caixa terão admitido lapsos na seriação no encerramento de balcões, mas mantêm a pretensão de encerrar o balcão das Pedras Salgadas, apesar dos argumentos da comunidade local – A Agência da Caixa Geral de Depósitos de Pedras Salgadas é a única agência bancária existente na vila de Pedras Salgadas; dá resposta direta aos habitantes residentes em sete freguesias do concelho, a saber: Bornes de Aguiar, Bragado, Capeludos de Aguiar, Pensalvos e Parada de Monteiros, Sabroso de Aguiar, Valoura e Vreia de Bornes; serve diretamente 30 aglomerados urbanos; serve mais de cinco mil clientes residentes, aos quais devemos considerar os emigrantes com raízes nesta comunidade, entre outros pontos.

Só perde a guerra quem desiste de lutar. É com este espírito que os transmontanos irão empreender novas formas de luta para manter agência bancária em Pedras Salgadas.

Povo Aguiarense laureado no Dia do Município

As celebrações do Dia do Município iniciaram pela manhã com a Guarda de Honra e Hastear da Bandeira em que participaram os Bombeiros Voluntários, Banda Musical do Pontido e Agrupamentos de Escuteiros 1372 e 1375.

Na sessão solene, o Povo Aguiarense foi condecorado com a medalha municipal de grau ouro que foi entregue ao presidente da Assembleia Municipal, Álvaro de Sousa, a uma centenária e uma criança aguiarenses.

O executivo municipal presidido por Alberto Machado acordou em reunião de Câmara homenagear o Povo Aguiarense neste Dia do Município.

Referir ainda que neste dia também foram condecorados os funcionários do Município que perfazem 15, 20 e 25 anos de serviço.

Se Caixa tirar Pedras, então Pedras pode tirar da Caixa

A sessão extraordinária de Assembleia Municipal com o ponto único “Encerramento da Agência da Caixa Geral de Depósitos” foi bastante participada com pessoas oriundas em especial do norte do concelho e que encheram este equipamento municipal.

O presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado explicou de forma exaustiva as etapas deste processo relativo à única agência bancária existente na vila termal de Pedras Salgadas.

Face à possível exclusão desta agência da rede da Caixa, a conclusão parece ir de encontro a que esta situação se resume ao argumento financeiro, pelo que a Câmara Municipal está disposta a responder ao tirar todo o dinheiro da Caixa Geral de Depósitos e, acrescentou o autarca Alberto Machado, também “tirarei o dinheiro da minha conta na Caixa”.

A concordância fez-se sentir na sala, de múltiplas formas, com moção conjunta e votada pelos deputados por unanimidade a rejeitar o encerramento da agência bancária, com intervenções convergentes em defesa da manutenção de serviços, com aplausos e apelos a novas formas de luta.

Nesta reunião foram abordados vários pontos que servem de ponderação para a continuidade do estabelecimento comercial: A Agência da Caixa Geral de Depósitos de Pedras Salgadas é a única agência bancária existente na vila de Pedras Salgadas; esta agência dá resposta direta aos habitantes residentes em sete freguesias do concelho, a saber: Bornes de Aguiar, Bragado, Capeludos de Aguiar, Pensalvos e Parada de Monteiros, Sabroso de Aguiar, Valoura e Vreia de Bornes; a agência serve diretamente 30 aglomerados urbanos; a agência serve mais de cinco mil clientes residentes, aos quais devemos considerar cumulativamente os emigrantes com raízes nestas comunidades e que nesta agência financeira têm a sua referência bancária; só na recente Zona Industrial de Sabroso de Aguiar estão já sediadas 29 empresas; na própria vila de Pedras Salgadas existem 57 estabelecimentos comerciais; das dez maiores empresas exportadoras do concelho, sete localizam-se na área de influência de Pedras Salgadas; das dez maiores empresas do concelho em número de trabalhadores, seis localizam-se na zona das Pedras Salgadas; nesta vila existe Espaço do Cidadão, Centro de Serviços Públicos, Centro Escolar desde o pré-escolar ao secundário, posto de GNR, dois lares de idosos, um centro de dia e centro escolar privado, pavilhão gimnodesportivo, posto médico, farmácia, sedes da Associação dos Industriais do Granito e de várias coletividades desportivas e culturais.

Alfarela de Jales com inaugurações no dia aberto da freguesia

Alfarela de Jales esteve em festa com o Dia Aberto da Freguesia, tendo recebido logo pela manhã o Bispo de Vila Real Amândio Tomás, sendo coadjuvado pelo pároco Iolando Pereira.

O prelado foi recebido pela comunidade local, a 17 de junho, em que estiveram vários representantes concelhios, desde logo o presidente do Município, Alberto Machado e demais executivo, assim como o autarca local, Manuel Fernando.

Após a celebração da eucaristia, dezenas de pessoas perfizeram o percurso desde a igreja ao renovado largo que passa a integrar um nicho religioso e contemplativo à Virgem Maria. Este novo espaço em que, segundo Alberto Machado, foi cumprida a vontade da população, integra ainda a beneficiação da zona envolvente. À tarde, houve animação musical e lanche de convívio para toda a comunidade local.

Concelho adota medidas contra encerramento da agência bancária em Pedras Salgadas

São várias as medidas para fazer frente ao encerramento de serviços em Pedras Salgadas. Na segunda-feira, 18 de junho, cineteatro municipal, uma sessão extraordinária de Assembleia Municipal com um ponto único, nomeadamente “Encerramento da Agência da Caixa Geral de Depósitos”.

Após várias diligências para reunir com a Administração da Caixa mas que se tem revelado «infrutíferas», o autarca revelou que na terça-feira, dia 19 de junho, uma delegação com cerca de meia centena de pessoas – presidentes de Câmara do Alto Tâmega, deputados da Assembleia Municipal e presidentes de Freguesias afetadas – estará, a partir das 14h30, à frente das instalações da sede da Caixa Geral de Depósitos em Lisboa, tendo como objetivo «reunir com a Administração da Caixa Geral de Depósitos». E será com o mesmo objetivo que a partir das 17 horas desse dia, a comitiva estará à frente do Ministério das Finanças.

O Presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado exige ser recebido para demonstrar a importância da única agência bancária existente na vila termal de Pedras Salgadas. O autarca convidou ainda para estes encontros vários deputados à Assembleia da República.

É de sublinhar ainda que, neste mês de junho, haverá uma concentração promovida pela população para 29 de junho, dia em que está previsto o encerramento da agência bancária. A partir das 9 horas a população estará a reivindicar contra o esvaziamento de serviços na vila termal de Pedras Salgadas.

Feira do Mel e do Artesanato será de 10 a 12 de agosto

Já é conhecida a data da 17ª Feira do Mel e do Artesanato. E já estão abertas as inscrições para os expositores interessados em participar neste grande evento regional. O recinto da feira irá receber de 10 a 12 de agosto, em Pedras Salgadas, cerca de uma centena de stands associados ao mel, artesanato, produtos regionais, tasquinhas e associativismo.

Através desta feira, a Câmara Municipal e a EHATB promovem o mel e os seus produtores, bem como os artesãos da região que trabalham os seus artefactos, mantendo bem viva a etnografia da nossa gente.

Os concursos temáticos – Qualidade do Mel, Rótulos de Mel, Doçaria Confecionada com Mel e Peças de Artesanatosão mais-valias da feira pela valorização dos produtos locais. De sexta a domingo, haverá muita animação, quer através da animação regional com destaque para o folclore e demais música tradicional, quer pela presença televisiva que contribuirá para engrandecer este certame regional. 

Ficha de Inscrição na Feira do Mel e do Artesanato – 2018

Regulamento da Feira do Mel e do Artesanato

Torneio Internacional de Futebol atrai os maiores clubes e mil pessoas ao concelho de Vila Pouca de Aguiar

Futebol Clube do Porto e Sport Lisboa Benfica estão entre os clubes que irão marcar presença no torneio internacional de futebol infantil que decorrerá de 20 a 24 de junho. Ainda não é desta que o Sporting Clube de Portugal regressa a Vila Pouca de Aguiar.

 De entre as 42 equipas que irão participar, é de relevar a forte presença de equipas do Norte da Península Ibérica, tais como Guimarães, Chaves, Rio Ave, Gil Vicente, (Portugal), Corunha, Ourense e Lugo (Espanha), entre muitas outras. Mas também há representantes das Beiras como Viseu, da região Centro, caso de Leiria ou mais a Sul, o Belenenses. Depois há equipas que já conhecem os cantos à casa, tais como a Seleção Aguiarense que participa nos três escalões do torneio, (sub 11, 13 e 15) ou a Dragon Force F.C.P. que já teve uma parceria desportiva com a coletividade aguiarense.

 Luis Castro é o padrinho da VPA CUP, O novo treinador da equipa principal do Vitória de Guimarães aceitou o convite do presidente do Município, Alberto Machado. Os dois responsáveis irão marcar presença na cerimónia de abertura do torneio (dia 20, às 21 horas, Complexo Desportivo de Vila Pouca de Aguiar). Além deste complexo, também haverá jogos no Estádio da Portelinha em Pedras Salgadas.

 Entre a organização do Sport Clube, técnicos municipais e voluntários, há quase uma centena de pessoas a trabalhar para assegurar todo o apoio logístico deste grande encontro desportivo. Após as jornadas, as noites de 20 a 23 de junho serão preenchidas pela Fan Zone com bastante animação na praça João Paulo II.

 Para a tarde do último dia, domingo, 24 de junho, complexo desportivo, estão guardadas as fases finais para as grandes decisões a partir das 15h30 e a cerimónia de encerramento será no final da tarde. Na plateia – entre familiares, amigos e agentes desportivos – estarão centenas de pessoas, a apreciarem e a aplaudirem as novas estrelas de futebol.

Visitas às obras das barragens: Movimentos de terra, água e pedra para criar energia dinamizam empresas e comércios

Nos montes do Alvão, entre o planalto por onde corre o rio Torno e as encostas que desenham os vales que conduzem o rio Tâmega, nada será como dantes: lugares bucólicos ‘convivem’ agora com locais urbanos onde se veem largas dezenas de pessoas a trabalhar em sítios tão diferentes como no interior de estaleiros, na pedreira, dentro de túneis ou nas margens do rio.

 O Município e a Iberdrola impulsionaram uma visita de campo ao Sistema Eletroprodutor do Tâmega, a 11 de junho, a cerca de duas dezenas de pessoas que integram órgãos autárquicos municipais, que ficaram a par dos trabalhos decorrentes das barragens na região. O presidente da Câmara, Alberto Machado e demais executivo, o presidente da Assembleia Municipal, Álvaro de Sousa e demais deputados municipais, foram recebidos pelo responsável da Iberdrola da área de licenciamento do Sistema Eletroprodutor do Tâmega, José Maria Otero.

 Traçado o plano de visita, a responsável da empresa pelas áreas do ambiente e socioeconomia local, Sara Hoya, instruiu especialistas em diferentes áreas para esclarecer a comitiva que encetou a visita pela pedreira de Gouvães. Aqui, verificou-se a produção de diferentes agregados de granito destinados às obras das barragens na região. A montante do rio Torno, haverá um extenso espelho de água amovível para, a jusante do rio, se iniciar o percurso de gerar energia que, através de um circuito hidráulico subterrâneo, convergirá na caverna central do aproveitamento hidroelétrico, já localizada no concelho vizinho de Ribeira de Pena.

 À tarde, a comitiva deslocou-se a Parada de Monteiros e desceu até à margem do rio Tâmega onde verificou as obras que estão a ser desenvolvidas com túnel de desvio, pontão contíguo e demais trabalhos que irão sustentar a plataforma de superfície do empreendimento que culminará com um enorme paredão de mais de cem metros de altura que ligará as margens do Tâmega e os concelhos envolventes com uma nova via rodoviária.

 A terminar a jornada numa cota de altitude a cerca de 125 metros, foi já com os olhos no ponto alto do monte do Minhéu (localizado a 1.200 metros), que se encetou a subida pela encosta do Alvão e de regresso ao ponto de encontro inicial com o registo de um grande incremento regional.

Comunidade insurge-se contra eventual encerramento da agência bancária em Pedras Salgadas

O Presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado reuniu, a sete de junho, com responsáveis regionais da Caixa Geral de Depósitos, em que teve conhecimento da possibilidade de encerrar a única agência bancária existente na vila termal de Pedras Salgadas.

Alberto Machado revelou que já pediu audiências a dirigentes nacionais do Governo (Secretário de Estado Adjunto e das Finanças) e da Caixa (Conselho de Administração). O autarca salientou que fechar esta agência era matar Pedras Salgadas e recordou que esta agência não tem nada que ver com os problemas financeiros da Caixa Geral de Depósitos.

Na reunião que decorreu no interior da agência bancária, o autarca fez-se acompanhar dos representantes das sete freguesias do Norte do concelho, e em especial de Álvaro de Sousa, presidente da Assembleia Municipal, e de Rogério Martins, presidente da Junta de Bornes de Aguiar sedeada em Pedras Salgadas.

Foram muitos os populares que, surpreendidos, se foram juntando ao longo da manhã defronte da agência bancária e os alertas deram lugar às ameaças com medidas de luta, caso se venha a verificar o encerramento da agência, previsto para o final deste mês.

Os melhores atletas de taekwondo no distrito serão conhecidos no dia 17 de junho

Vila Pouca de Aguiar vai receber a IV Prova da Liga Distrital de Taekwondo ATVR, que determinará os Campeões Distritais de Taekwondo da época de 2018.

Organizada pelo Clube de Taekwondo de Vila Pouca de Aguiar, com apoio do município e de mais entidades públicas e privadas, a prova distrital irá realizar-se a 17 de junho no pavilhão Dr. Gomes da Costa.

A organização prevê, segundo o Mestre e Instrutores, a participação entre 70 a 80 atletas nesta quarta prova da liga. O público tem entrada livre assegurada ao longo da jornada de combates.

Os clubes de taekwondo existentes nos concelhos de Vila Pouca de Aguiar, Vila Real, Alijó e Santa Marta de Penaguião (Sever), estarão devidamente representados com atletas que irão participar condignamente e em que serão conhecidos os melhores atletas de taekwondo deste ano na região.