Skip to content
covid19

O presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado decidiu convocar reunião de esclarecimentos sobre o Covid-19, a 4 de março, de forma a preparar a comunidade para esta fase de contenção do vírus.

– Todas as pessoas que nos últimos 15 dias estiveram em Áreas com Transmissão Comunitária Ativa (Ásia – China, Coreia do Sul, Japão, Singapura; Médio Oriente – Irão; Europa – Regiões de Itália: Emiglia-Romagna, Lombardia, Piemonte, Veneto), se com sintomas idênticos à gripe, deve efetuar auto isolamento e ligar à linha Saúde 24;

– A fase de contenção carateriza-se pela possibilidade de contágio do Covid-19 que é praticamente inexistente, exceto para quem esteve em Áreas com Transmissão Comunitária;

– Pais e Encarregados de Educação não podem levar os educandos à escola se estes estiverem com indícios idênticos aos sintomas gripais. Todos devem lavar as mãos à entrada das instalações escolares. Se alguém entrar na escola com esses sintomas irá, de imediato, para uma sala de isolamento (com possibilidade de máscara) e os pais serão chamados a recolher a pessoa isolada. Todas as viagens de estudantes devem ser evitadas;

– Quem for visitar idosos a instituições sociais deve lavar as mãos e se com indícios idênticos aos sintomas gripais não deve, de forma alguma, efetuar a visita;

– Quem tenha indícios idênticos aos sintomas gripais, deve telefonar para a linha de Saúde (Tel.: 808242424) e seguir as indicações. Deve evitar ir ao Centro de Saúde mas, se for, solicite e coloque máscara;

– A comunidade em geral deve evitar deslocações a Áreas com Transmissão Comunitária Ativa. As pessoas devem manter o seu dia-a-dia, visto que estamos ainda numa fase de contenção em que os casos em Portugal estão todos relacionados com contactos tidos com pessoas das Áreas com Transmissão Comunitária, ou seja, ainda não se apanha o vírus sem ser por essa via. E que a velocidade de contaminação é inferior à da gripe e muito inferior à do sarampo;

Nesta reunião solicitada pelo presidente da Câmara Municipal, estiveram também presentes o Delegado de Saúde Rui Capucho, o presidente da Assembleia Municipal Álvaro de Sousa, o diretor do Agrupamento de Escolas José Teixeira, autarcas da Câmara e das 14 Freguesias, representantes de todas as IPSS do concelho, Proteção Civil, e foi também convidado o arcipreste das paróquias aguiarenses, o padre Domingos Barrias.

No decorrer da reunião, os presentes tomaram conhecimento que a Autoridade Nacional de Proteção Civil já entregou kits de proteção aos Bombeiros Voluntários para lidarem com possíveis casos de infeção. A autarquia propôs que as entidades presentes elaborem planos de contingência nos próximos cinco dias úteis de preparação para a fase de mitigação (generalização do vírus na comunidade) que, adiantou Alberto Machado, esperamos que não venham a ser aplicados, mas temos de estar preparados, concluiu.