Freguesia de Bornes de Aguiar
Rua Henrique Maia
Pedras Salgadas
5450-156 Bornes de Aguiar

Localização: Enconsta poente da serra da Padrela, a 7 km da sede do concelho.

Orago: Sagrado Coração de Jesus.

Área total: 45,4 km2 [Censos 2011, INE].

População (hab.): 2,049 [Censos 2011,INE].

Constituição da Freguesia: Bornes de Aguiar, Lagoa, Lagobom, Pedras Salgadas, Rebordochão, Tinhela de Cima, Tinhela de Baixo, Valugas e Vila Meã.

Presidente: Rogério Manuel Barroso Martins.

Contactos:

Telemóvel: 961 039 769

Telefone: 259 434 390

E-Mail: freguesia.bornes@gmail.com

A visitar:

Bornes de Aguiar – Igreja Paroquial de São Martinho (século XII / XIII), Capela de São Geraldo, Cruzeiros, Fonte do Carvalho, Castro de São Martinho e Camas dos Mouros.

Lagoa – Capela de Santo António, Nicho de Nossa Senhora e Monumentos Megalíticos.

Lagobom – Capela de Santo António e Solar dos Vilhenas.

Pedras salgadas – Fontes de D. Fernando, Grande Alcalina, Penedo, Parque Termal Pedras Salgadas Casa de Chá, Casino, Capela do Tronco, Ponte das Regateiras, Ponte de Cabanas e Ponte das Romanas.

Rebordochão – Capela de Santa Catarina, Largo das Portas Grandes.

Tinhela  de Cima e de Baixo – Capelas particulares dedicadas a Santa Bárbara e Nossa Senhora da Anunciação, cruzeiro de bela expressão, mamoas, estacão arqueológica de Roncãs, barragens romanas, marco da Pardiela e Capela de Nossa Senhora das Neves.

Balugas – Capela do Senhor da Ajuda, monumentos megalíticos do período Neo – Calcolítico designado por “Penedos Alvos”.

Vila Meã – Diversos Solares e Capela de São Tiago.
Brasão:

Escudo de ouro, uma fonte de azul jorrando água de prata, entre duas pinhas com pé e folhas de verde, encimando uma ponte de um arco negro, lavrada de prata; em chefe, dois leões batalhantes de púrpura, armados e lampassados de vermelho. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: ”BORNES DE AGUIAR”.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial