Na Assembleia Municipal, reunida a 22 de fevereiro no Palacete Silva, foram aprovadas moções relativas à reprogramação do Quadro Comunitário e ao Plano Nacional de Investimentos e dez propostas integraram a ordem de trabalhos. A abrir, o presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado informou os deputados acerca da atividade municipal, designadamente gás, produtores de batata, bicicletas, associação de granitos, parquímetros, entre outros.

De realçar que foram aprovados por unanimidade os acordos de execução do Município com as Juntas de Freguesia ao abrigo da delegação de competências, com a Câmara a transferir 420.692,30€ para as Juntas de Freguesia. A par desta verba, global, a autarquia também presta apoio técnico para os trabalhos a realizar pelas Juntas. Limpeza das vias públicas, manutenção das bermas das estradas municipais, gestão de espaços verdes, manutenção de estabelecimentos de educação e área envolvente, manutenção de linhas e pontos de água são competências adquiridas pelas Juntas de Freguesia.

Nesta sessão foram ainda aprovadas cinco propostas por unanimidade para cargos dirigentes na Câmara Municipal. Nesta sessão os deputados tomaram conhecimento do relatório de avaliação da atividade da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco. Há também a realçar a aprovação do relatório de fundamentação relativo ao Plano de Pormenor do Castanheiro Redondo e a deliberação unânime da versão final do Plano de Intervenção no Espaço Rústico da Expansão de Pedras Salgadas.