«Colegas; votem em nós, vamos conseguir portáteis para as escolas!» disseram em uníssono as quatro crianças no término da apresentação da proposta referente ao 1º ciclo que viria a vencer por larga maioria. Ambas as propostas foram direcionadas para aquisição de material informático.

Entre os estudantes dos diferentes ciclos escolares com o valor máximo de 5.000€ por proposta vencedora em três categorias: primeiro ciclo (escola digital); segundo e terceiro ciclo (requalificação de pavilhões escolares); ensino secundário (requalificação de auditórios escolares).

No início das três sessões, o presidente da Câmara, Alberto Machado disse aos alunos que «hoje vão fazer aqui o que costumam fazer os deputados, decidir o que é mais importante». O autarca esteve acompanhado pelo diretor do Agrupamento de Escolas, José Teixeira e pelas jovens Ema e Francisca, da Associação de Estudantes.

Além do orçamento participativo direcionado à comunidade escolar, há mais seis propostas de entre associações juvenis, escuteiros e jovens até aos 30 anos, a saber: Ginásio outdoor; Complexo pedagógico de ciências, artes e línguas estrangeiras; Conservação e valorização do castro de Rebordochão; Remodelação da sede do Agrupamento de Escuteiros 1372; Passaporte explorador de terras de Aguiar; Pontido cultural. E à proposta vencedora será atribuído um valor máximo de 15 mil Euros. Através do sítio do Município, op.cm-vpaguiar.pt, decorre a votação das propostas até às 16 horas do dia 20 de maio.

O programa Autarquia Jovem foi criado pelo Município de Vila Pouca de Aguiar para promover a cidadania participativa entre os mais novos.