Vila Pouca de Aguiar está a coordenar o projeto para a criação da Federação Portuguesa do Caminho de Santiago, tendo os municípios que constituem a comissão executiva reunido a 25 de maio em Estremoz.

Ana Rita Dias, representante da autarquia aguiarense, esteve presente neste encontro que visou oficializar a federação e reunir informação para o Turismo de Portugal e planear uma cooperação entre os Municípios atravessados pelo Caminho Português de Santiago, Associações de Peregrinos de Santiago, Entidades Religiosas, Universidades, Pastoral do Turismo e outras entidades que demonstrem uma ligação aos Caminhos de Santiago.

Os municípios que constituem a Comissão Executiva: Na região Norte, Vila Pouca de Aguiar (CIM Alto Tâmega), Lamego e Santa Marta de Penaguião (CIM Douro); na região Centro, Tomar (CIM Médio Tejo), Alvaiázere (CIM Leiria), Castro Daire (CIM Dão-Lafões), Covilhã e Guarda (CIM Beiras e Serra da Estrela), Penacova (CIM Coimbra) e Albergaria-a-Velha (CIM Baixo Vouga); na região Sul, Estremoz (CIM Alentejo Central).

Segundo o protocolo de cooperação para a criação da Federação Portuguesa do Caminho de Santiago, o principal objetivo visa revitalizar, promover, estudar e dinamizar as variantes do Caminho Português de Santiago, como importantes vias de peregrinação a Santiago de Compostela, recuperando, preservando e promovendo também o património histórico-cultural e religioso associado ao caminho, a interculturalidade dos povos e impulsionando o desenvolvimento económico, social e ambiental das regiões atravessadas.