Cada proposta vencedora do programa Autarquia Jovem vai receber dez mil euros do Orçamento Municipal. No auditório municipal do Palacete Silva realizaram-se três sessões e já estão selecionados os projetos que vão ser implementados.
Na primeira sessão destinada aos alunos do primeiro ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas, foi selecionada a proposta do 4º B para a aquisição de material informático para as salas de aula.
Na segunda sessão destinada aos alunos do 2º e 3º ciclos do ensino básico do Agrupamento de Escolas, foi aprovada a proposta do 8º C para a remodelação do espaço da cantina do edifício da escola sede do Agrupamento
Na terceira sessão destinada ao ensino secundário e associações juvenis a mais votada foi a proposta do 10º C para a aquisição de material com vista ao reequipamento do edifício da ex-escola secundária. Nesta última, foram ainda apresentadas mais duas propostas que não avançaram (12ºA avançou com melhoramento nos pavilhões A e C do edifício da antiga escola secundária e a Banda Musical do Pontido apresentou um projeto de melhoramento das infraestruturas e equipamento de apoio à escola da Banda).
O programa Autarquia Jovem é uma medida do executivo municipal para incentivar a participação cívica junto de comunidade escolar e associativismo juvenil.
O programa Autarquia Jovem, através de várias rúbricas destinadas aos alunos do agrupamento e associações juvenis, enquadra-se na Carta de Compromissos da RAP – Rede de Autarquias Participativas. A Câmara Municipal aderiu a esta estrutura colaborativa que contribui “para a sinalização, disseminação, qualificação e divulgação dos processos de democracia participativa no país”.