Fernando Cruz, Maria Cabral, Inês Rodrigues, Íris Lemos, Rodrigo Gonçalves, Maria Cruz, Gabriel Jesus, Joana Gonçalves, Luís Sousa, Mariana Monteiro, Maria Rodrigues e Joana César já contribuíram para um melhor abril ao participarem no VI Concurso Literário do Concelho, pelo qual foram agraciados.

Em poesia e sob o tema “o meu sonho”, o presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado leu os versos de Fernando Cruz e Maria Cabral, as crianças que ficaram em primeiro e segundo lugar do grupo A, respetivamente.

A cerimónia de entrega de prémios do VI Concurso Literário decorreu no 25 de Abril, Palacete Silva, seguida da apresentação do livro “Pequenos autores, grandes obras”, versado nos textos vencedores desde 2014 até 2018. Alberto Machado procedeu à entrega de livros a crianças que participaram nesta obra e lembrou a importância de «poder escrever o que sonhamos e ler o que queremos». Álvaro de Sousa, presidente da Assembleia Municipal e Ana Carolina, da direção do Agrupamento de Escolas, também agraciaram os participantes no concurso literário.

A revolução não espera pelo bom tempo para acontecer; A chuva quis participar na celebração da revolução de abril levando ao cancelamento da guarda de honra e hastear da bandeira; todavia, representantes de Bombeiros Voluntários, Banda Musical do Pontido, Agrupamentos de Escuteiros de Vila Pouca de Aguiar e de Pedras Salgadas participaram na cerimónia do 25 de Abril.

À tarde, bombeiros realizaram uma sessão de esclarecimentos. Após explicação do Algoritmo Suporte Básico de Vida (condições de segurança, estado de consciência, permeabilizar a via aérea, ver, ouvir e sentir em dez segundos, ligar 112, 30 compressões e duas insuflações, efetuaram-se exercícios práticos. Esta formação contou com a presença do presidente da Câmara, Alberto Machado. Sob o olhar atento do comandante dos Bombeiros, José Relva, realizou-se ainda uma ação prática sobre e extinção de incêndios domésticos com demonstração como funciona o extintor e demais conselhos úteis.