A 18ª Feira do Mel e do Artesanato levou muita gente ao parque termal de Pedras Salgadas que pôde adquirir produtos regionais e participar em atividades socioculturais e de lazer.

Esta edição, que decorreu de 16 a 18 de agosto, contou com a presença de mais de uma centena de stands ligados aos produtos regionais e associativismo.

Durante o fim de semana, houve concursos temáticos que distinguiram os expositores. No concurso de Qualidade do Mel o pódio foi ocupado por Aromas e Sabores de Pitões, Mel Serra do Alvão e Motivos. Nos Rótulos de Mel, os agraciados foram Limel, João Oliveira e Luís Rodrigues. Na Doçaria Confecionada com Mel, venceram os expositores João Oliveira, Cristina Martins e Sonho de Mel.

A melhor decoração dos expositores de mel e artesanato foram Apiterapia Sonho de Mel e Dinis Cunha Cestos, respetivamente. Relativamente ao concurso de Peças de Artesanato, os distinguidos foram Paulo Machado, Joaquim Pio e Manuel Dinis e ainda artesanato Joana. Houve ainda tempo para jogos de tabuleiro, através do Open de Xadrez promovido pela associação de Rebordochão.

Através desta feira, a Câmara Municipal e a EHATB, com apoio da Aguiarfloresta (que organizou um encontro para falar sobre abelhas, agricultura e sustentabilidade) promoveram o mel e os seus produtores, bem como os artefactos trabalhados pelos artesãos.

A música foi a nota dominante da animação sociocultural da feira com um espetáculo musical dos Lucky Duckies na sexta-feira à noite. No sábado houve cantares promovidos pela Aguavelames e folclore difundido pela Acrepes. No domingo à tarde, 4 Men’s, Joana, Ricardo & Henrique, Bombocas e Irmãos Verdades animaram este certame regional.