A inauguração da Rede de Distribuição Domiciliária de Gás Natural e da Unidade Autónoma de Gás Natural contou com a presença a 7 de fevereiro do secretário de Estado da Energia, João Galamba que foi recebido pelo presidente da Câmara, Alberto Machado. Este ato simbólico decorreu no lugar da Nossa Senhora da Conceição, em Vila Pouca de Aguiar.

O governante realçou o facto das pessoas de Vila Pouca de Aguiar terem acesso a um projeto que permite a melhoria significativa da qualidade de vida das pessoas e de este ser mais um marco no desenvolvimento da terra.

O autarca sublinhou a importância do setor energético no território concelhio e lembrou a reivindicação de 2,5% na exploração dos recursos naturais reverterem para a socioeconomia local como já acontece com a energia eólica. E foi solicitado resoluções nos setores da água, granito e ouro.

Armando Moreira, da Sonorgás, sublinhou que o concelho de Vila Pouca de Aguiar ficou agora mais competitivo e que a instalação do gás se deveu à teimosia dos autarcas em atrair energia mais acessível às pessoas do Interior.

A Sonorgás – Sociedade de Gás do Norte, do grupo Douro Gás, é a detentora da licença para distribuir o Gás Natural no concelho de Vila Pouca de Aguiar.

Neste concelho, o investimento ultrapassa os três milhões de Euros e contempla cerca de 14 quilómetros de rede de distribuição; a Unidade Autónoma permitirá o fornecimento de gás natural a mil e seiscentas pessoas.