No Palacete Silva, casa da Assembleia Municipal de Vila Pouca de Aguiar e que alberga alguns serviços municipais, decorreu a reunião ordinária de 26 de junho com a presença de aguiarenses. Após a renovada confiança dos deputados à comissão municipal responsável pelo parecer sobre a implementação de superfícies comerciais foi aceite o prolongamento do prazo até setembro.

Seguiu-se uma moção, consensual, visando assegurar uma cobertura global à rede de telecomunicações uma vez que o concelho continua «a ser afetado por sucessivos cortes e falhas no serviço móvel e de banda larga».

A abrir o ponto de ordens desta assembleia, Alberto Machado, presidente da Câmara Municipal, falou sobre vários assuntos, tais como exploração de recursos naturais, percursos pedestres e situação nos Bombeiros. O autarca informou ainda sobre a delegação de competências nos setores da educação e saúde.

De seguida, aprovação unânime da geminação entre Vila Pouca de Aguiar e Naugatuck (E.U.A.). Foi com satisfação que o presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado recebeu o convite para aprofundar relações que poderão ser geradoras de riqueza para ambos os territórios. Numa visita recente ao concelho, o Mayor de Naugatuck, Pete Hess – que se fez acompanhar de aguiarenses que estão ali emigrados – assinalou que de entre os 37 mil habitantes há quatro mil portugueses.

A finalizar a reunião, foram aprovados acordos e apoios com juntas de Freguesia do Alvão, Soutelo de Aguiar e Bornes de Aguiar. Nas finanças municipais, os deputados tomaram conhecimento das contas consolidadas de 2018 e aprovaram por unanimidade a 2ª revisão de Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2019.