Nove parceiros de oito estados membros da comunidade europeia estão em Vila Pouca de Aguiar para identificar o potencial inovador de empresas locais.

Segundo Jorge Alonso, da confederação de negócios de Aragão e representante da comitiva, o objetivo é conhecer a realidade rural e florestal.

Vila Pouca de Aguiar é o representante de Portugal no projeto RATIO, de cooperação inter-regional para melhorar o acesso a empresas do mundo rural a políticas de inovação.

O presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado fez uma caracterização do território e evocou as áreas agrícola e florestal que estão a ser reorganizadas para dar nova vida a setores importantes na socioeconomia local.

Neste concelho iminentemente rural, a grande maioria dos empresários aguiarenses ou que laboram no concelho pode beneficiar deste projeto que apoiará a inovação de produtos e serviços das empresas locais.

O projeto RATIO é promovido pela Federação de Municípios, Regiões e Províncias de Aragão integrando parceiros de Portugal, Espanha, Alemanha, Itália, Polónia, Irlanda, República Checa e Letónia. O projeto RATIO – Ações Regionais para Inovar Programas Operacionais foi aprovado pelo comité do Interreg Europe e é financiado pelo FEDER.